26 de jan de 2017

ALUNOS COM VOZ ATIVA NO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DAS ESCOLAS



Tal como anunciado pelo Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, a 24 de março (Dia do Estudante), foi disponibilizada uma verba adicional às escolas para ser discutida e decidida pelos próprios alunos, no valor de um euro por aluno, com um teto mínimo de 500 euros por escola.
Com esta prática, pretende-se que sejam os estudantes do 3.º ciclo e do ensino secundário das escolas públicas a decidirem o que fazer, desafiando os alunos a aprender a gerir, a pensar em necessidades e a partilhar ideias, naquela que é uma iniciativa de incentivo à participação cívica e democrática.
Os alunos têm um prazo que começa a 6 de janeiro e termina a 24 de março (data da votação das propostas) para pensar, criar e debater onde e como querem aplicar esta verba, de forma a convertê-la numa mais-valia para a sua escola.
Com o envolvimento de diretores, docentes, famílias e comunidades, o Ministro espera propostas tão criativas quanto necessárias, tão irreverentes quanto justas, numa equação que, acredita, se traduzirá em melhores cidadãos e melhores escolas.
O Despacho que regulamenta a iniciativa pode ser consultado aqui.

A apresentação de propostas deve ser feito no documento disponível para descarga e enviado por email para a morada: 

orcamentoparticipativo.ebqlomb@gmail.com




Um documento elaborado pelas Coordenadoras do projeto, professoras Beatriz Neves (coordenadora de Educação para a Cidadania e  Paula Tapadas (coordenadora dos Diretores de Turma) poderá ser apresentado como suporte para o lançamento do projeto.


E a calendarização:


Nenhum comentário: